PROGRAMAÇÃO

PROGRAMA PRELIMINAR

13 de setembro – RECURSOS HÍDRICOS

08H00-09H00
Credenciamento e Café de boas vindas

09H00-09H30
Abertura

09H30-12H30
Painel 1: RECURSOS HÍDRICOS E SANEAMENTO

Coordenação:
Irani Braga Ramos - Assessor Especial do Ministro - Ministério da Integração Nacional

SITUAÇÃO ATUAL E TENDÊNCIAS NA GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS
Ney MaranhãoDiretor da Área de Hidrologia - Agência Nacional de Águas e Fórum Mundial da Água

SANEAMENTO E ABASTECIMENTO DE ÁGUA
Jerson Kelman – Diretor Presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo.

AVANÇOS E DESAFIOS DO SANEAMENTO BÁSICO APÓS 10 ANOS DA LEI DO SANEAMENTO
Edison Carlos – Presidente Executivo
Instituto Trata Brasil

GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS NA AGRICULTURA
Jorge Enoch Furquim Werneck Lima
Vice-Presidente da Associação Brasileira de Recursos Hídricos e
Pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

A VISÃO DO SETOR INDUSTRIAL NA GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS

Percy Soares Neto - Coordenador da Rede de Recursos Hídricos

Confederação Nacional da Indústria

DESTAQUE: FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

12H30 -13H30 ALMOÇO

13H30-15H45
Painel 2: REUSO DA ÁGUA NO ÂMBITO URBANO, INDUSTRIAL E AGRÍCOLA

MESA REDONDA

Coordenação:
VISÃO GERAL SOBRE REUSO DE ÁGUA NO BRASIL
José Carlos Mierzwa – Professor - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e diretor técnico do Centro Internacional de Referência em Reuso de Água da USP

USO RACIONAL E LEGAL DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO BRASIL
José Paulo Godoi Martins Netto – Presidente ABAS-SP
Carlos Alberto de Freitas – Presidente Associação Brasileira de Águas Subterrâneas-MG

REGULAMENTAÇÃO SOBRE REUSO DA ÁGUA NO BRASIL ou REGULAMENTAÇÃO DE REÚSO DE EFLUENTE SANITÁRIO TRATADO NO BRASIL
Ernani Ciríaco de Miranda – Diretor
Departamento de Planejamento e Regulação
Secretaria Nacional de Saneamento do Ministério das Cidades

REUSO POTÁVEL DE ÁGUA
Renato Rosseto - Gerente de Operação de Esgoto
Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

REUSO DA ÁGUA COMO ESTRATÉGIA HÍDRICA
Francisco Suetônio Bastos Mota – Professor

REÚSO DA ÁGUA NA INDÚSTRIA – CASOS NA REGIÃO DE MINAS GERAIS
Irene Albernaz Arantes – Pesquisadora
Fundação Estadual do Meio Ambiente

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

15h45-16h00 - Coffee break

16H00-18H00
Painel 3: SAÚDE, MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS

Coordenação:
Marcus Vínicius Polignano – Presidente do Comitê da Bacia do Rio das Velhas
Zenilde das Graças Guimarães Viola
Instituto Senai de Tecnologia e Meio Ambiente - Campos Cetec

DIREITO HUMANO À ÁGUA E SANEAMENTO
José Adércio Sampaio – Procurador Regional da República
Procuradoria Regional da República – MG

AGROTÓXICOS E SEGURANÇA DA ÁGUA
Elaine Maria Frade Costa - Coordenadora do Grupo de Endocrinologia do INAIRA/CNPq –FMUSP, Médica Supervisora da Divisão de Endocrinologia - HCFMUSP

INDICADORES DA QUALIDADE EM BACIAS HIDROGRÁFICAS
Fernando Antônio Jardim – Gerente Divisão de Qualidade e Controle Laboratorial - Companhia de Saneamento de Minas Gerais

 

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

18H00-19H30 - APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS – SALAS PARALELAS
SESSÃO DE PÔSTERES

14 de setembro

08H30 h-10H30
Painel 4: SERVIÇOS TECNOLÓGICOS, INOVAÇÃO E EXTENSIONISMO EM APOIO ÀS MICRO, PEQUENA E MÉDIAS EMPRESAS

Coordenação:
Júlio FélixPresidente - Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica

COOPERAÇÃO DO GOVERNO DOS EUA À COMPETITIVIDADE DAS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS – PROGRAMA “MANUFACTURING EXTENSION PARTNERSHIP”
Carrol A. Thomas – Director Hollings Manufacturing Extension Partnership - National Institute of Standards and Technology - United States Department of Commerce
MARCO REGULATÓRIO DE INOVAÇÃO APLICADO A MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
Jorge Mario Campagnolo – Diretor de Políticas e Programas de Apoio à Inovação - Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
PERGUNTAS E CONCLUSÕES

10h00-10h30 - Coffee break

10H30 -12H30
Painel 5: ARTICULAÇÃO DE AGÊNCIAS GOVERNAMENTAIS AO DESENVOLVIMENTO DAS MPMEs

Coordenação:
Eliana Emediato – Coordenadora Geral – Coordenação Geral de Serviços Tecnológicos -  Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

MESA REDONDA

Edgard Rocca -  Financiadora de Estudos e Projetos
Jose Ricardo de Santana - Diretor de Cooperação Institucional, Conselho Nacional de
Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Paulo Sérgio Lacerda Beirão – Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais
 
Carrol A. Thomas - National Institute of Standards and Technology  
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas - Sebrae Nacional
Júlio FélixPresidente - Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES
PERGUNTAS E CONCLUSÕES

12H30-13h30 - Almoço

13H30 – 15H30
Painel 6 – SAÚDE, POTABILIDADE E CONTAMINANTES

Coordenação:
Daniel Cobucci de Oliveira - Coordenador-Geral de Vigilância em Saúde Ambiental
Secretaria de Vigilância em Saúde - Ministério da Saúde

CONTAMINANTES EMERGENTES EM ÁGUA DE CONSUMO HUMANO
Professor José Carlos Mierzwa – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

PATÓGENOS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA EM ÁGUAS DE MANANCIAIS E RISCOS À SAÚDE
Maria Inês Zanoli Sato - Departamento de Análises Ambientais - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo 

José Eduardo Gobbi – Gerente Municipal da América Latina -  Nalco Water
Carolina Ponce de León - Assessora de Comissões Setoriais - Associação Brasileira da Indústria Química

ABASTECIMENTO PÚBLICO E RISCOS DE CONTAMINAÇÃO
Jorge Luiz Barros de Macedo - Faculdade Metodista Granbery – FMG e CRQ (ver CRQ)

QUALIDADE E SEGURANÇA DA ÁGUA X RISCOS À SAÚDE
Elaine Maria Frade Costa - Coordenadora do Grupo de Endocrinologia do INAIRA/CNPq –FMUSP e do GTDE – SBEM-SP e médica Supervisora da Divisão de Endocrinologia - HCFMUSP

EXPERIÊNCIA NO CONTROLE DA QUALIDADE DA ÁGUA DE ABASTECIMENTO
Companhia Ambiental no Estado de São Paulo
Companhia de Saneamento de Minas Gerais
PERGUNTAS E CONCLUSÕES

15H30 – 16h00

16H00 – 17h30
Painel 7: ÁGUAS SUBTERRÂNEAS

Coordenação:
Carlos Alberto de Freitas – Presidente Associação Brasileira de Águas Subterrâneas-MG

USO RACIONAL E LEGAL DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO BRASIL
José Paulo Godoi Martins Netto – Presidente-  Associação Brasileira de Águas Subterrâneas -SP

CONTROLE DE USO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS E DIREITO DE OUTORGA
Maricene Paixão - Instituto Mineiro de Gestão das Águas

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

17H30-19H30 - APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS – SALAS PARALELAS
SESSÃO DE PÔSTERES

15 de setembro - QUALIDADE

8H30 – 10H15
Painel 8 – CONFIABILIDADE, COMPARABILIDADE E RASTREABILIDADE EM MEDIÇÕES

Coordenação:
Jorge Eduardo Sarkis - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares
Marina Beatriz Agostini Vasconcellos - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

RECURSOS PARA O ESTABELECIMENTO DA QUALIDADE EM MEDIÇÕES
Laly Samuel – Ex-President, Cooperation on International Traceability in Analytical Chemistry

RASTREABILIDADE, VALIDAÇÃO E INCERTEZAS EM RESULTADOS DE MEDIÇÕES
Wolfhard Wegscheider – General and Analytical Chemistry - University of Leoben - Austria

CADEIA DE RASTREABILIDADE METROLÓGICA – TEORIA E PRÁTICA
Maria Filomena Camões – Professora -Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

COOPERATION ON INTERNATIONAL TRACEABILITY IN ANALYTICAL CHEMISTRY - CITAC
Laly Samuel – Ex-President, Cooperation on International Traceability in Analytical Chemistry

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

10H15 – 10H45 – Coffee break

10H45 – 12H30
Painel 9 – QUALIDADE EM RESULTADOS LABORATORIAIS

Coordenação:
Olívio Pereira de Oliveira Junior - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares
Maria Nogueira Marques - Instituto de Tecnologia e Pesquisa de Sergipe

INCERTEZA DE MEDIÇÕES, AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE E LIMITES DE REGULAMENTOS

DESENVOLVIMENTO DE MATERIAIS DE REFERÊNCIA NA REDE DE SANEAMENTO E ABASTECIMENTO DE ÁGUA
Alice Momoyo Sakuma – Instituto Adolfo Lutz

A INSTRUMENTAÇÃO, INFORMATIZAÇÃO E METODOLOGIA ANALÍTICA EM APOIO À GESTÃO DA QUALIDADE INDUSTRIAL

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

12H30 -13H30 ALMOÇO

13H30 – 14H 15
Painel 10: NORMALIZAÇÃO

Coordenação:
Fernando Luís Fertonani e Ossamu Hojo - Universidade Estadual Paulista

A IMPORTÂNCIA DAS NORMAS ABNT NBR ISO/IEC 17025, BPL, ABNT NBR ISO/IEC 15189, ISO 22000, ABNT NBR ISO 9000, ISO 14000 E OHSAS 18001 NAS ATIVIDADES LABORATORIAIS
Heliara Dalva Lopes do Nascimento - Universidade de Campinas – Unicamp

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

13h00-14h00 - Almoço

Painel 11 – ACREDITAÇÃO DE LABORATÓRIOS E AUDITORIAS
14H15 – 15H15

Coordenação:
Cláudia Mizuta – Gestão da Qualidade – Especialista independente

FACILIDADES E DIFICULDADES NA ACREDITAÇÃO DE LABORATÓRIOS NA ÁREA AMBIENTAL, SAÚDE E INDÚSTRIA
Marcos Aurélio Lima de Oliveira – Coordenador -Coordenação Geral de Acreditação
Coordenação Geral de Acreditação - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia

AUDITORIAS DA QUALIDADE LABORATORIAL - INTERNAS E EXTERNAS
Denise Camarano – Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear

PERGUNTAS E CONCLUSÕES

15h45-16h00 - Coffee break

Painel 12 – INTEGRAÇÃO DA NORMALIZAÇÃO, METROLOGIA, ACREDITAÇÃO, AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE, INOVAÇÃO E EDUCAÇÃO E SEU IMPACTO NA GESTÃO DA QUALIDADE
16H00 – 17H00

Coordenação:

MESA REDONDA:
Marina Beatriz Agostini Vasconcellos - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares
Laly Samuel – President, Cooperation on International Traceability in Analytical Chemistry
Wolfhard Wegscheider – General and Analytical Chemistry - University of Leoben - Austria
Maria Filomena Camões – Professora -Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
Heliara Dalva Lopes do Nascimento - - Universidade de Campinas – Unicamp
Cláudia Mizuta - – Gestão da Qualidade – Especialista independente
Júlio FélixPresidente Instituto de Tecnologia do Paraná – Certificação
Marco Antonio Grecco D’Elia – Pesquisador – Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo - Certificação

Painel 13 A PARTICIPAÇÃO DAS REDES METROLÓGICAS ESTADUAIS NAS DIRETRIZES ESTRATÉGICAS DO CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL
17H00 – 17H45

Coordenador:
Celso Scaranello – Presidente – Rede Metrológica do Estado de São Paulo

 

Marcos Aurélio Lima de Oliveira – Coordenador -Coordenação Geral de Acreditação
Celso Romero Kloss – Presidente -Rede Paranaense de Metrologia e Ensaios 
Kleber Albuquerque de Vasconcelos– Presidente - Rede Metrológica de Minas Gerais

Painel 14 – PREMIAÇÃO – TRABALHOS TÉCNICOS
17H45 – 18H30

Coordenadores:
Cimei Borges Teixeira - Coordenador
Cyrio Fleremosch Dellezzopolles Jr - Analista em Ciência e Tecnologia
Coordenação do Programa de Capacitação Tecnológica e Competitividade
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais

ENCERRAMENTO

COQUETEL